DestaquesHelio Defaria

A Dança das Cadeiras.

Os comentários sobre uma matéria, é muito importante em uma análise do comentarista, para saber até quando e onde os leitores concordam ou discordam sobre o fato escrito.
Posso escrever sobre a dança das cadeiras para essas eleições que estão chegando, podendo citar as minhas considerações sobre o desempenho de cada um dos vereadores nestes três anos e poucos meses de mandato.

Mas posso dizer que o resultado será troca de farpas e grupos se digladiarem a favor ou contra a um possível candidato que será citado ou não para as próximas eleições.

O objetivo dos comentários posto no final da matéria, repito, é um meio para que possamos ter uma orientação, pois eles, são para uma opinião contra ou a favor do nosso ponto de vista, ponto de vista este, que será comentado após um profundo estudo.

No caso da “Dança das Cadeiras” podemos citar o estudo da conduta de todos os vereadores, através de análise dos discursos em plenário, seus requerimentos e suas preposições e indicações, enfim a sua conduta e de suas idas e vindas de oposição para situação ou vice versa e assim sucessivamente nestes quarenta meses de atuação na Câmara Municipal de Conceição do Jacuípe.

O eleitor ou a população de um modo em geral, coloca uma pessoa amiga ou um parente através do voto para representar-lhe perante ao Município, para fiscalizar os atos do executivo, se está tendo uma boa ou má administração, mas não cobra por isso, não comparece as reuniões semanais, não vai a um plenário assistir a atuação do seu vereador, de vez em quando faz um pedido e a maioria pedido pessoais.

Se a população ou o eleitor não comparece as sessões, se eles não tomam conhecimento de tudo que acontece em plenário, eles não podem defender o seu representante de um comentário negativo, não podem defender se um representante é um bom ou um mal vereador.
Falem, defendam ou ataquem o seu representante, mas primeiro procurem saber o que ele fez nestes quarenta meses.

Estamos em ano eleitoral, na nossa opinião, não podemos por hipótese alguma comentar sobre a constituição de vereadores para a próxima legislatura, pois muitos deles declararam que não mais concorrerão para o legislativo e muitos deles irão tentar o executivo.

O maior mistério é não saber as chances dos candidatos e sim quantas cadeiras serão disputadas.

Helio Defaria
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar