O que os professores de história falarão sobre a pandemia?

O que os professores de história falarão sobre a pandemia?

ago 14, 2020 0 Por heliodefaria

Comércios fechados e muitos desempregos. Escolas sem aulas por alguns meses. Mascarados por todos os lados. Mortes confirmadas devido a Covid-19. 2020 foi um ano absurdamente diferente. Isso que ainda faltam 4 neses para terminar. Após diversas polêmicas, mais uma surgiu nos últimos dias.

A infectologista e chefe do departamento de doenças emergentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), Maria Van Kerkhove, afirmou que a propagação de covid-19 a partir de pacientes assintomáticos é “muito rara.”

Segundo a médica, os dados levantados até agora mostram que pessoas que não apresentam os sintomas da doença possuem pouco potencial infectológico para contaminar indivíduos saudáveis. De acordo com a especialista, deve haver esforços dos governos para identificar e isolar pessoas que apresentam sintomas.

Ainda segundo Kerkhove, é necessário traçar todos os contatos que pessoas que desenvolveram a doença tiveram com outros indivíduos. A infectologista afirmou ainda que é necessário realizar mais estudos para chegar a uma “resposta verdadeira” sobre todas as formas de transmissão do novo corona vírus.

Sim! A OMS – Organização Mundial da Saúde – segue completamente perdida. Lembram no início da pandemia, quando diziam que não era pra usar máscara? Um bom tempo depois, precisaram voltar atrás. É capaz de logo pedirem para que a gente pare de usar máscara mais uma vez. E a cloroquina? Esse mesmo órgão divulgou um “estudo” apontando a ineficácia do medicamento. Adivinha? Voltou atrás e disse que o estudo era inconclusivo. Por qual motivo um órgão desse existe? Se é pra ficar chutando qualquer coisa, que abra uma quitanda em qualquer beco. Diminuiria os gastos e a probabilidade de acertos nem seria tão significativa. Vale sempre ressaltar que o presidente da OMS não é médico.

O que aconteceria se um de nós errasse tanto assim? No mínimo, demissão por justa causa. Quando envolve saúde, família, empregos e mudança na forma de viver, possivelmente se ficássemos soltando boatos em forma de achismo e nos julgando os reis da sabedoria, tenho certeza de que seríamos condenados a passar um bom tempo na cadeia. Por qual motivo nada acontece com a OMS? O que está por trás de tanta mentira? Interesses econômicos? Apenas ignorância por parte dos “bam-bam-bans”?

Como dito anteriormente, as aulas seguem com previsão, mas sem precisão de voltar. Como esse ano ficará para a história, precisará ser contado pelos educadores. O que eles dirão? Novas narrativas?

Ninguém pode ser especialista em algo desconhecido. Por isso, órgãos da saúde precisam ter a humildade em dizer que não sabem o que fazer. Mas não é o que aconteceu. A economia em 2020 foi pro buraco. Obviamente, por causa do vírus. Mas a OMS atrapalhou muito mais do que ajudou as pessoas. Países sérios exigiriam respostas contundentes sobre essa série de erros. Em boca fechada não entra mosca. Esperamos que pandemias parem por aqui. Mas caso alguma delas acontecer, já sabemos o que fazer: Não acreditar em tudo o que ouvimos. Já é um bom começo.