PGR vai apurar se Abin produziu relatórios para defesa de Flávio Bolsonaro

A Procuradoria-Geral da República (PGR) informou que incluiu as suspeitas de que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) – orgão do governo federal – orientou a defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) em uma apuração já em andamento no órgão.

Reportagem da revista “Época” aponta que a Abin produziu ao menos dois relatórios para orientar a defesa do senador a pedir a anulação do caso em que Flávio é investigado pela prática de rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

As novas informações serão anexadas a uma notícia de fato (tipo de apuração) que analisa suposta mobilização do governo para buscar elementos para anular a investigação do caso das rachadinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *