“Preservando a minha vida e a minha saúde”

A presidente do sindicato dos servidores públicos de Santo Amaro, usou essa frase de efeito para comunicar conjuntamente com o vice-presidente do Sindicato dos Seridores Municipais de Santo Amaro (Sindiser) as renúncias aos cargos de direção da entidade.

A Prsidente juntamente com seu presidente mostraram descontentes com o aparelhamento do restante da diretoria do sindicato pela Prefeitura Municipal e alegaram não poder conviver eticamente com a postura imoral na condução da entidade. Segundo a presidente, ela sai “para não adoecer por falta de respeito dos outros diretores”.

Entre troca de acusações, demonstradas no vídeo da assembléia geral da categoria dos servidores,  o diretor de Patrimônio do Sindicato disse: “porque não fala que a motivação da renúncia é a falta de acordo em reuniões anteriores para receberem salários do sindicato?”

Houve espaço para choro da Diretora Social, acusação de descumprimento de expediente pela Tesoureira, relato de brigas e insinuações de desmandos por irregularidades diversas, assinaladamente assédio moral e cooptação de diretores.

Suspeita de aparelhamento sindical, desacato de servidor no exercício da função e atos de improbidade fez a mesa diretora do Sindicato dos Servidores Municipais de Santo Amaro – Sindiser abandonarem os cargos, através de renúncias em assembléia geral da categoria.

Novas Eleições serão marcadas.

https://drive.google.com/drive/folders/1-xuH3NI1hOFrrEumZ1_7hM402LtSwYX1?usp=sharing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.