Ao todo, são mais de Hum milhão e novecentos mil de contratos em consultoria, e o Vereador Didi, pede uma explicação da Prefeita.

O Vereador Didi em plenário da sessão do dia 14 de abril, na Câmara dos Vereadores, falou que o problema criado em relação ao lixo, não se trata de perseguição e sim de preocupação, existem leis no País, uma de numero 9605/98 que é a lei contra crimes ambientais e a outra de numero 12.305/10 que regula o Plano Nacional de Resíduos Sólidos, se houver uma continuidade no descarte em locais não apropriados daqui a 30 ou 40 anos, esse mundo será insustentável, portanto temos que seguir a lei.

Queria reforçar mais uma vez a convocação da Secretaria de Educação do município pois ainda não foi atendida mesmo com diversos ofícios encaminhados, existe na Lei  Orgânica do Município esta prerrogativa da convocação portanto não vai permitir que o executivo crie hábitos de ignorar os chamados da Câmara, vai solicitar o apoio do jurídico para que tome medidas cabíveis.

Vereador Didi

Não vai esquecer dos recursos do FUNDEF que os servidores da educação tem direito, e nisso em um encontro casual com a Prefeita, inquiriu sobre esse problema e ela prontamente respondeu que estava de pleno acordo na distribuição desses recursos a quem de direito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.