Crise? Primeiro lote do Ford Mustang Mach 1 esgota em 24 horas

Ao todo, 80 unidades da nova versão do esportivo foram comercializadas, cada uma por R$ 500 mil

Na última sexta-feira, a Ford apresentou o novo Mustang Mach 1 no Brasil. A versão assume o lugar da Black Shadow e conta com o poderoso motor V8 5.0 recalibrado, além de ter recebido modificações no visual. Mesmo custando R$ 499 mil, o primeiro lote com 80 unidades do esportivo foi vendido em 24 horas, esgotando no dia que o modelo comemorou 57 anos de história. 

“Esse sucesso demonstra a força do Mustang e da sua herança como ícone de esportividade e de performance. O novo Mach 1 traz todo esse legado e também é o modelo mais preparado para as pistas de todos os tempos. É um carro exclusivo, digno de coleção, que leva adiante a sua mística”, aponta Antonio Baltar Jr., diretor executivo da Ford.

O novo Mustang Mach 1 é a quarta geração do clássico lançado originalmente em 1969. Ele teve duas atualizações, em 1974 e 2003, e volta agora como modelo 2021. É equipado com o motor Coyote V8 5.0 mais potente da linha, com 483 cavalos (17 a mais que o anterior), transmissão automática de dez marchas e diversos componentes de performance dos modelos Bullitt, Shelby GT350 e Shelby GT500.

As primeiras unidades do novo Mustang Mach 1 começam a chegar ao Brasil a partir de junho e os clientes que desejarem se informar sobre a disponibilidade dos próximos lotes devem entrar em contato com as concessionárias da marca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.