Advogado aconselha cliente a ficar calada e delegado prende advogado

Em São Paulo, Delegado é acusado de forjar fatos para prender em flagrante Advogado que foi chamado para defender um cliente.

O advogado Elder, que milita na Comarca de São Paulo Capital, foi acionado por uma cliente que havia sido presa por envolvimento com o trafico. Ao chegar na delegacia, o advogado recomendou a sua cliente que resguardasse de seus direitos constitucionais sendo eles, não auto incriminar-se, permanecer calada, bem como não fornecer a senha de seu aparelho celular.

O Delegado, ao ver que o advogado fazia as recomendações para sua cliente, citou no depoimento que o procedimento do advogado ao aconselhar sua cliente de não se auto incriminar seria então associação aos crimes delas, explicando ao advogado que ao fazer aquilo ele seria preso por estar envolvido com o trafico também, o que é o maior absurdo até para um leigo.

O Delegado então prendeu à força o advogado, proibindo-o de exercer sua profissão. O Delegado acusado de abusar de seu Poder chama-se Marcio Fuert Ferreira de Araujo da Sétima Seccional.

Veja abaixo o vídeo com a confusão causada pelo Delegado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.