Aras envia à CPI da Covid informações sobre governadores investigados

O procurador-geral da República, Augusto Aras, mandou à CPI da Covid um resumo das investigações no âmbito do Superior Tribunal de Justiça sobre os gastos de governadores no combate à pandemia

O documento é uma resposta a requerimentos apresentados pelos senadores governistas Eduardo Girão (Podemos-CE) e Ciro Nogueira (PP-PI), titulares da comissão. Eles tentam tirar o presidente Jair Bolsonaro do foco das investigações e centrar fogo nos governadores

De acordo com o jornal O Globo, o ofício de Aras aponta que a investigação mais avançada é contra Wilson Witzel, que perdeu o cargo de governador do Rio. Há, ainda, inquéritos contra Rui Costa (PT), da Bahia; Helder Barbalho (MDB), do Pará; Wilson Lima (PSC), do Amazonas.

A PGR também indicou procedimentos em estágio inicial que podem levar a investigações contra os governadores João Doria (PSDB), de São Paulo, e Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais.

O chefe do MPF afirmou que a maioria dos processos está sob sigilo no STJ e que a CPI deve pedir autorização à Corte para acessar a íntegra dos inquéritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.