Vereador Didi: “A Secretaria Especial da Mulher só deverá ser criado após a Prefeitura esgotar todos os seus recursos pela Secretaria de Assistência Social”

No seu discurso na Câmara no dia 19 de maio de 2021, o Vereador Didi, falou que se a Prefeitura usar todos os seus recursos que tem a disposição para a Assistência Pública, não tem necessidade urgente de ser criado agora a Delegacia Especial para a Mulher.

Primeiro porque o Governo Federal editou uma Medida Provisória de numero 173 que impede a criação de novos serviços públicos enquanto durar a pandemia.

Tem o CREAS, que e um órgão da Secretaria de Assistência Social, que serve para apoiar famílias carentes principalmente mulheres, com advogados, Psicólogos, Educador Social, Assistente Social todos eles para darem suporte aos necessitados.

Tem um programa do governo que a Prefeitura recebe verbas, que se chama PAEF- Programa de Atendimento da Família e Indivíduos, com suporte para a Assistência a Familia no que diz respeito as necessidades geral de carentes e prejudicados.

Vereador Didi

O saldo bancária da Secretaria de Assistência Social em janeiro deste ano era de R$ 900.000,00 (Novecentos mil reais) e não houve movimentação neste mês, mas a Prefeitura colocou todos os contratos de consultoria e assessoria dentro dessa secretaria, contratos estes que passam de 2 milhões de reais, ou seja as consultorias não param, mas o povo continua sofrendo.

Os Vereadores só deverão tratar da Secretaria Especial para a Mulher, depois que houver viabilidade jurídica e que todas as ações da Secretaria de Assistência Social estiverem esgotadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.