Menos de um mês para fim do prazo, maioria dos jovens de 16 e 17 anos ainda não tirou o título de eleitor

A menos de um mês para o dia 4 de maio, quando termina o prazo para emissão do título de eleitor, pouco mais de 1 milhão de jovens de 16 e 17 anos se cadastraram para votar.  Isso representa menos de 1 a cada 5 adolescentes dessa faixa etária no país.

Em março, o TSE promoveu a semana do Jovem Eleitor, com tuitaço com a hashtag #RolêdasEleições e adesões espontâneas de artistas e jogadores de futebol. No mesmo mês, a cantora Anitta, a ex-BBB Juliette Freire e até o ator americano Mark Ruffalo usaram as redes sociais para incentivar os adolescentes. 

Após o mobilização, número de títulos emitidos cresceu quase 26% em comparação a fevereiro, quando cerca de 835 mil jovens de 16 e 17 anos tinham se cadastrado. O voto no Brasil é obrigatório a partir dos 18 anos. Para quem tem mais de 16 anos o voto é facultativo, assim como é para maiores de 70 anos e analfabetos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.