“Vou fazer em dois anos o que o PT não fez em 16”, diz ACM Neto

O pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (UB) criticou o PT pelos 16 anos que o partido esteve à frente da gestão estadual. Segundo o  ex-prefeito de Salvador, após 16 anos com a legenda, a Bahia é líder de homicídios e último em educação

“Não é possível que, depois de 16 anos de PT, nosso estado esteja na liderança em homicídios e em último lugar na educação. É inacreditável que, após quatro mandatos consecutivos, o PT também deixe como legado a Bahia em primeiro lugar em desemprego e com graves problemas na saúde, como a fila da regulação, por exemplo”, afirmou o ex-prefeito de Salvador, em rápida coletiva.

“Vou fazer uma mudança com segurança, sem olhar para o retrovisor. Mas é essa mudança que vai proporcionar aos baianos o melhor governo do país”.

Após a coletiva, o pré-candidato lembrou que iniciou sua vida pública no Recôncavo, há mais de 20 anos. “Tenho um carinho muito grande por todos os municípios que integram o Recôncavo, sempre fui votado aqui”, afirmou.

Em seu discurso, Neto ainda prometeu projetar a Feira dos Caxixis, um dos eventos mais tradicionais do calendário baiano, e requalificar o monumento do Cristo, uma das principais atrações turísticas do município. “Vocês podem ter certeza de uma coisa: se Deus e o povo me derem a oportunidade de ser governador, vou fazer em dois anos o que o PT não fez em 16 por Nazaré e pelo Recôncavo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.